domingo, 20 de junho de 2010

O RECIFE E SUA POESIA ( Acervo do Paço do FREVO em Recife/PE)


http://www2.recife.pe.gov.br/a-cidade/conheca-o-recife/paco-do-frevo/

Mercêdes Pordeus
Recife/Brasil

Luiz Gonzaga e Chico Science - Painel dedicado ao ANO LETIVO DOS POETAS DO RECIFE - 2008.

Painéis : Rua Frei Matias Trevis - Bairro Ilha do Leite - Recife/PE-Brasil

O Recife é uma cidade feliz
Na poesia não se contradiz
Pois vive diariamente com maestria
Não importando se de noite ou de dia
O Recife vive, ama e respira poesia.

Tantos poetas aqui suas vidas passaram

Tantos poetas aqui fizeram suas histórias
Em cada canto e recanto se eternizaram
Cantaram em versos toda nossa história
Assim, é uma cidade cantada em glórias.

História, lutas, batalhas e seu romantismo,

Estão revelados com a poesia e altruísmo.
O Recife é berço de revoluções libertárias
Na ânsia de formar conquistas igualitárias
O pernambucano deixa seu conformismo.

Cidades, Estados, países, sem problemas?

Aponte-me alguém um que não os possua
Mas, ter um povo que saiba viver a tradição.
Valorize o legado lhe deixado como prêmio
Isso é de poucas, o privilégio na educação.

Esta se retrata de forma popular

Muito espontânea em cada esquina
Ah! Sabedoria popular que nos faz sonhar
Sonhos que se dispersam e se diluem
Escoando nas águas doces dos seus rios.

O Recife clama por poesia e ela sente a emoção

Quando vivida nos corações externa a comoção
Emoções na simplicidade e na forma de falar
Do povo recifense, do povo pernambucano
Que faz questão de mostrar que é humano.

As cidades interioranas também carregam na alma

Com muita intensidade os versos que as acalmam
Ali reina a poesia popular, romântica e cordelina
Expressão de um povo que mesmo sofrido
Consegue a emoção de viver com adrenalina.

Manuel Bandeira, Gilberto Freyre, Mauro Mota

Ascenso Ferreira, Solano Trindade, dentre tantos
deixaram seus legados quer de uma forma popular,
Social... E dignos são de receberem nosso tributo
Na cultura e educação deixaram grande contributo.

A nossa literatura nada deixa a desejar

E nem precisa de as outras se comparar
Ela é singular, simples, rica e exemplar.
Se aos nossos poetas passamos a dignificar.
Vivendo no solo pernambucano a nos orgulhar.

As manifestações poéticas e literárias

São formas de agradecimentos diários
Para aqueles que nos engrandeceram
No nosso interior, dentro do país e exterior.
Assim temos o poeta consagrado e amador.

20/09/2008


O Ano Letivo 2008, que foi aberto de forma festiva pela secretária de Educação, Esporte e Lazer, Maria Luiza Aléssio, no dia 1º de fevereiro, será dedicado aos poetas do Recife. A homenagem é direcionada aos 11 poetas pernambucanos que têm suas esculturas expostas em diversos pontos da cidade e vão se transformar, durante os 200 dias de aula, em trabalhos e projetos didáticos, motivando a leitura e a própria produção literária nas unidades de ensino.


http://www.recife.pe.gov.br/2008/02/11/mat_150238.php


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=68269


Poesia participou do 1º Concurso de Poesia SINTEPE em homenagem a Solano Trindade - Sindicato do Trabalhadores em Educação no Estado de Pernambuco.



2 comentários:

Rodrigo Rocha disse...

Mercedes passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom

Efigênia Coutinho disse...

Amiga querida, aqui estou, e como sempre encantada com seu espaço Cultural, que alegria poder ser uma seguidora deste, receba meu abraço afetuoso,
Efigenia Coutinho